Mais de 50 milhões de brasileiros sofrem de halitose, mais conhecida como mau hálito. Esse problema tem várias causas, como a baixa produção de saliva, doenças da gengiva e falta de higiene oral. Além disso, o estresse pode baixar a produção de saliva e interferir diretamente na saúde bucal. A placa bacteriana branca, ou amarelada, que se forma na parte superior da língua também é uma causa importante do mau hálito. Normalmente, essa placa é produzida quando a higiene oral não é satisfatória e pode desencadear doenças bucais, como as cáries. Algumas sugestões para evitar a halitose são:

  • Beber de dois a três litros de líquidos por dia. Isso aumenta a salivação e hidrata o organismo e a boca, prevenindo assim, a produção de placa bacteriana;
  • Visitar regularmente o dentista para tratar da saúde bucal;
  • Fazer intervalos adequados entre as refeições;
  • Não utilizar enxaguantes bucais com álcool; Eles ressecam a boca e induzem a formação de placa bacteriana;
  • Comer alimentos mais duros e fibrosos, como frutas, pois fazem com que a glândula salivatória produza mais saliva;
  • Não usar bebidas alcoólicas e cigarros;
  • Balas, chicletes, entre outros produtos, não resolvem o mau hálito, apenas disfarçam o problema.

 

Fonte: Ciências Interativa 8º ano
Imagem: Fotolia/Syda Productions