O diabetes é uma doença que atinge não só os adultos, mas também as crianças. A mais comum entre os pequenos é a diabetes tipo I, que geralmente ocorre em indivíduos com menos de 30 anos, caracterizada pela perda grave na função das células beta-pancreáticas, responsáveis pela produção da insulina.

Outro tipo que vem aumentando nos dias de hoje é o diabetes relacionado ao excesso de peso, causado pela alimentação desequilibrada. “Esse excesso de peso faz com que a insulina necessite ser secretada em grande quantidade na tentativa de manter o açúcar normal, até que o pâncreas não consegue mais produzir o suficiente e o diabetes aparece.”

Confira as dicas da endocrinologista Dra. Suemi Marui, do Delboni Medicina Diagnóstica, sobre possíveis sintomas da doença.

Quando desconfiar do diabetes tipo I?

  1. Se você reparou que a criança está com uma sede intensa, preste atenção, pois sede é um dos sintomas da doença.
  2. Se seu filho vive constantemente com fome e, ao invés de engordar, emagrece, esse também pode ser um indicativo.
  3. Seu filho vai ao banheiro urinar com frequência, inclusive à noite? Urina em grande quantidade? Cuidado! A diabetes pode causar essas constantes idas ao banheiro.
  4. A criança frequentemente tem mal-estar, sonolência, fraqueza e tontura? Esses são sinais de alerta, procure um médico! Quando desconfiar do diabetes relacionado ao excesso de peso?
  5. Se a criança está muito acima do peso, esse é o primeiro sinal.
  6. Familiares com diabetes? É um fator de risco importante.
  7. Caso haja aceleração importante da altura, isso pode ser um sinal, já que a insulina é um anabolizante.

 

Fonte: https://www.facebook.com/VidaeSaudecpb
Robert Kneschke / Fotolia