Ser professor é ter a fé e a certeza de que tudo terá valido a pena se o aluno se sentir feliz pelo que aprendeu, e pelo que também pôde ensinar.

Ser professor é consumir horas e horas pensando em cada detalhe daquela aula que, mesmo ocorrendo todos os dias, é única e original.

Ser professor é entrar cansado numa sala de aula e, diante da reação da turma, transformar o cansaço numa aventura maravilhosa de ensinar e aprender.

Ser professor é se importar com o outro numa dimensão de quem cultiva uma planta muito rara que necessita de atenção, amor e cuidado.

Ser professor é se equilibrar entre três turnos de trabalho e manter o humor e a competência para que o último turno não fique prejudicado.

Ser professor é saber estar disponível aos colegas e ter um espírito de cooperação e de equipe na troca enriquecedora de saberes e sentimentos, sem perder a identidade.

Ser professor é ser o escolhido que vai fazer “levedar a massa” para que esta cresça, avolume e ajude a fazer um mundo mais fraterno e mais justo.

Ser professor é ter a capacidade de “sair de cena, sem sair do espetáculo”.

Ser professor é ser quem aponta caminhos e deixa que o aluno siga com seus próprios pés.

 

 

Fonte: Agenda do Professor – Educação Adventista 2010
Imagem: BillionPhotos.com / Fotolia