O início do segundo semestre nem sempre é fácil para quem precisa mudar de escola. Via de regra, tal evento acontece em função de necessidades da família e não do aluno, o que acaba por gerar desconforto e ansiedade por não saber como proceder no novo grupo ou mesmo como será acolhido pelos novos professores e colegas.

A seguir, algumas dicas para que você se sinta mais seguro ao enfrentar esta situação:

  1. Esteja disponível para conhecer novos amigos, sejam eles os novos colegas de turma ou professores. Eles, assim como você, terão curiosidade em saber quem você é e de onde veio.
  2. Procure saber sobre a dinâmica da nova turma, como eles fazem os trabalhos, se praticam algum esporte, quais as regras de comportamento em sala de aula, como são os professores em relação à turma, entre outros detalhes.
  3. Sorria! Mesmo que você não entenda muito bem o que está acontecendo ou esteja com vontade de sair correndo. Desta forma, você parecerá seguro e confiante. Aos poucos, com tempo, você vai demonstrar que está disposto a ser parte na nova turma.
  4. Pergunte para alguém que possa lhe dar a resposta certa sobre como proceder no novo ambiente. Certamente o Serviço de Orientação Educacional poderá ser muito útil em relação a isso. Verifique, antecipadamente, onde ficam alguns espaços importantes que você precisará utilizar, tais como banheiros, bebedouros, cantina, biblioteca, etc.
  5. No primeiro dia, chegue cedo, assim quando os alunos chegarem, você já estará por lá. É mais fácil estar em algum lugar novo quando os outros chegam do que entrar em um ambiente desconhecido, principalmente se você for tímido.
  6. Se você não tem uma boa memória, anote em seu caderno o nome de seus novos colegas dando-lhes alguma característica que os lembre. Assim rapidamente você os chamará pelo nome, o que vai ajudar a ser incluso na turma.
  7. Aproveite a oportunidade para ser melhor. Ninguém sabe se as suas notas não eram lá aquelas coisas ou que não fazia todas as tarefas. Você poderá encarar este momento especial para pôr em prática comportamentos e atitudes saudáveis que sempre quis, pois ninguém terá parâmetro para comparação.
  8. Lembre-se: “o ato de aprender é mais eficaz quando é tratado com ativo e não como um processo passivo” (Kurt Lewin).
  9. Aproveite essas dicas e tenha um ótimo restante de ano letivo!

 

 

 

 

Imagem: 5second / Fotolia