Divulgada no final de agosto, a terceira edição da Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar trouxe dados levantados pelo IBGE em parceria com o Ministério da Saúde. Em 2015, foram entrevistados cerca de 2,6 milhões de estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental. Desses, 85,5% estudavam na rede pública de ensino e a maioria tinha entre 13 e 15 anos. A condição socioeconômica melhorou: 13,3% das mães dos alunos entrevistados concluíram o Ensino Superior, contra 8,9% em 2012. Porém, o quadro geral preocupa, principalmente quanto ao consumo de álcool e drogas ilícitas, sexo precoce, bullying e violência doméstica.

Clique na imagem para ampliar.

comportamento_estudante6_novo

Fonte: Revista Conexão 2.0 – Out. a Dez. de 2016.
Imagem: Fiedels / Fotolia