Prepare o lencinho, pois vamos apresentar quatro sentimentos e como eles podem ser explicados na infância

Falar sobre sentimentos é coisas séria. Mas ninguém nunca disse que é fácil. O controle das emoções precisa ser ensinado desde cedo para que, quando adulto, a inteligência emocional seja melhor praticada das amplas áreas de vivência.

Controlar é diferente de reprimir. Melhor falar sobre o choro e fazer com que a criança compreenda o que a levou a derramar lágrimas do que simplesmente vetar por conveniência. “Tudo bem, mas como explicar o que é felicidade, ciúme, tristeza e etc., sendo que são tão abstratos e difíceis de apresentar para os pequenos? ”

Bom, separamos quatro temas (sentimentos) para serem trabalhados e materiais que facilitarão o processo. Acompanhe!

 

1- Dor física e emocional

Sabe quando você vê uma criança chorando porque caiu no chão e logo pergunta “onde machucou”? A criança aponta para a parte do corpo que está doendo e você logo tomando iniciativa para fazer com que essa dor passe o mais rápido possível e não seja algo tão grave. Mas e as dores emocionais? Essas são mais difíceis de explicar. Quando a criança se entristece, não é porque necessariamente bateu ou caiu em algum lugar. O primeiro passo é mostrar que essa dor não veio “do nada”.

Livro que pode ajudar a criança nessa compreensão:

Coisas que machucam por dentro… E por fora

 

2- Felicidade? Alegria?

“Ah, hoje eu estou feliz porque ganhei um sorvete bem saboroso do papai”. “Hoje fiquei triste porque não tirei uma nota boa na escola”. Saber nomear e diferenciar os sentimentos – principalmente seus antônimos – dá a oportunidade para a criança se expressar melhor. Dessa forma, exercitando o autoconhecimento, a criança poderá se comunicar melhor.

Livros que podem ajudar o pequeno nessa compreensão:

Felicidade é… Felicidade não é…

Coisinhas que me alegram… Coisinhas que me entristecem…

 

3- Saudade

“E por falar em saudade…” Essa palavrinha que só existe na Língua Portuguesa é um sentimento que até os poetas tentam continuamente explicar. Sentir falta de alguém que foi embora ou que faleceu não é algo muito simples de explicar. Para isso, nomear esse sentimento agudo que fica no peito é essencial para a criança entender melhor o mundo ao seu redor e as pessoas que a cercam.

Livro que pode auxiliar nessa compreensão:

Saudade – Série Sentimentos

 

4- Ciúme

Quando você procura o significado da palavra Ciúme no Google já começa da seguinte forma:

Estado emocional complexo que envolve um sentimento penoso provocado em relação a uma pessoa de que se pretende o amor exclusivo; receio de que o ente amado dedique seu afeto a outrem”.

Isso mesmo, você leu “complexo” na explicação acima. O ciúme pode se mostrar quando a criança descobre que terá um irmãozinho em breve, o que dedicará mais a atenção dos pais; na escola quando o coleguinha recebeu alguma congratulação e ele não… para que isso seja conhecido de maneira saudável, é essencial que esse sentimento seja ilustrado de acordo com a própria vivência.

Material que pode ajudar nessa compreensão

Ciúme – Série Sentimentos 

 

Nossa! É muito sentimento, né? Por isso, separamos um livro especial para você fazer algumas reflexões sobre o tema:

Passaporte para a Vida