1. Estar preparado. Estar preparado implica ter maturidade, que pode ser avaliada pelo modo como você responde às seguintes perguntas: Você se libertou da confusão e dos conflitos típicos da adolescência? Sente-se equilibrado e responsável? Sabe relacionar-se com os outros altruisticamente? Pode analisar um problema e resolvê-lo?

2. Compatibilidade. Examine-se, fazendo algumas perguntas incisivas. Sente-se bem com o modo com que você se comunica com o outro? É fácil para você estabelecer um diálogo bem-sucedido? Você se sente bem com o estilo de vida do outro? Adapta-se com facilidade ao temperamento do outro? Comunicação é a chave para a compatibilidade.

3. Homogamia. A palavra pode parecer estranha, mas tem significado simples. A pesquisa tem demonstrado que parceiros que partilham características comuns em certas áreas cruciais têm maior probabilidade de êxito no relacionamento. Essas áreas abarcam idade, religião, preparo educacional, inteligência e formação social, cultural e étnica.

4. Compromisso espiritual. O fator mais importante de êxito em qualquer aspecto da vida é uma relação positiva com Deus.

 

Autoria: Adolfo Semo Suárez, Marcos De Benedicto, Rodrigo Pereira da Silva
Fonte: Sistema Inter@tivo de Ensino – Ensino Religioso Fasc. 8
Imagem: Olivier Le Moal / Fotolia