Entre os anos 221 a.C. e 206 a.C., Qin Shihuan, considerado o primeiro imperador chinês, impôs sua autoridade sobre os vários líderes regionais e deu início a um amplo processo de unificação política, econômica e cultural, sem paralelo na história do Leste Asiático. Qin Shihuan promoveu o desenvolvimento de uma escrita única, a padronização de pesos e medidas e um grande avanço em relação à segurança da área imperial, por meio da continuidade da construção de um dos monumentos mais famosos da humanidade, a Muralha da China. Os Guerreiros de Terracota constituem uma das maiores descobertas arqueológicas da História. São aproximadamente oito mil estátuas em tamanho real, encontradas na tumba de Qin Shihuan, no norte da China.

 

 


Autoria: Ubirajara de Farias Prestes Filho, Edson Xavier
Fonte: Sistema Inter@tivo de Ensino – História Fasc. 10
Imagem: Wikipédia