A escola é o ambiente de instrução formal que exerce maior influência no processo de ensino–aprendizagem de língua materna ou estrangeira, onde a aprendizagem ocorre de modo espontâneo ou adquirido.

Vivemos em um ambiente de competitividade, cada vez mais globalizado, caracterizado por uma sociedade exigente, plurilinguística e multicultural. Saber línguas é adquirir um poder de desenvolvimento pessoal, cultural e de integração social.

Nesse contexto, a Casa Publicadora Brasileira lança em 2017 a coleção Inter@tiva de Espanhol para o 6º e 7º ano do Ensino Fundamental 2. É um material elaborado a partir das propostas dos documentos oficiais que se referem ao ensino–aprendizagem de língua estrangeira, como a LDB (Leis de Diretrizes e Bases) e os PCN (Parâmetros Curriculares Nacionais), e que se dispõe a realizar a integração da fé e do ensino sem violar os direitos constituintes do educando. Nas questões teóricas que fundamentam os parâmetros curriculares, adaptamos a visão sociointeracionista da linguagem e da aprendizagem.

As situações presentes no material estão distribuídas de modo a contemplar os seguintes valores:

Valores humanos: o homem é mais importante que as coisas, e o indivíduo é tão importante quanto o grupo.

Valores materiais: presteza, força, higiene, saúde, dedicação, mordomia, responsabilidade, temperança, trabalho paciente e útil e competência vocacional.

Valores intelectuais: autodisciplina, dever, saber pensar, saber escolher, apreço pela ordem, verdade e criatividade.

Valores estéticos: amor à beleza, amor à natureza, apreço pela variedade, consideração pela proporcionalidade, sensibilidade frente à harmonia.

Valores sociais: altruísmo, amor ao próximo, justiça social, compaixão, empatia, esforço cooperativo, cortesia, direitos humanos, discrição, apoio mútuo, generosidade, prazer de servir, hospitalidade, interesse pelos semelhantes, pontualidade, simpatia, tolerância, unidade e realização individual no grupo.

Valores morais: abnegação, bondade, confiabilidade, edificação de caráter, domínio próprio, prudência, fortaleza moral, força de vontade, honra, humildade, integridade, justiça, ordem, simplicidade, coragem para defender as convicções e solidariedade.

Valores religiosos: o amor a Deus e à Sua Palavra, comunicação com Ele, conhecimento dEle e de Seus propósitos, confiança, esperança, fé, fidelidade, gratidão, obediência, piedade, pureza, adoração, reverência, respeito, benevolência, cristianismo e sensibilidade frente à santidade e liberdade de consciência. (DSA–IASD/CPB, 2009, p. 44, 45.)

De acordo com Fontana (2006, p. 126), o professor não pode ser apenas teórico ou prático, mas acima de tudo deve ser desafiador, questionador e, principalmente, criador. Ele também precisa “entender a natureza da língua, das suas variedades sociais, regionais e funcionais, e a estrutura e desenvolvimentos dos sistemas da língua [espanhola]”. Portanto, se desejamos que o estudante tenha sucesso em aprender um sistema de comunicação de tal complexidade, temos que, como professores, conhecer os componentes de tal sistema.

Nas capas dos livros destacamos quatro países: 6º ano – Espanha; 7º ano – México; 8º ano – Argentina; e 9º ano – Peru.

Quanto a sua estrutura, o livro está dividido em quatro unidades, cada uma contendo dois capítulos, que deverão ser estudados durante o bimestre. Temos um padrão seguido linearmente, disponibilizado na coleção conforme a descrição a seguir.

Cada capítulo tem um conteúdo temático. Na abertura dos capítulos são apresentadas fotos e slogans com atividades prévias para o aluno interagir, bem como orientações para auxiliar o professor a mediá-las.

Nos capítulos da coleção foram selecionados 32 gêneros textuais diferentes para serem trabalhados nas 32 unidades ao longo dos quatros livros, tais como: aviso, bilhete, poema, convite, história em quadrinho, carta, rótulo, piada, receita culinária, classificado, e-mail, registro, biografia, diário, rótulo, agenda, reportagem, entrevista, bula de remédio, crônica, anúncio de emprego, parábola, artigo, ficha bibliográfica, fábula, etc.

As seções são assim distribuídas:

a) Género textual: gêneros textuais diversos, tipos de textos, intertextualidade e continuidade temática;

b) Nuevas palabras: vocabulário que desperta a atenção e o interesse do aluno;

c) Lengua en uso: apresentação da gramática nas suas formas morfológica, ortográfica e sintática;

d) ¿Sabías qué?: aspectos culturais curiosos, em especial de países hispanos sob uma perspectiva intercultural;

e) Refrán: um provérbio popular relacionado com o tema do capítulo;

f) Más tareas: exercícios de fixação para desenvolver a autonomia nos conteúdos estudados;

g) Repaso: exercícios de revisão dos conteúdos vistos na unidade;

h) Pasatiempo: atividades lúdicas e passatempos como cruzadinhas, caça-palavras, adivinhações, piadas, etc.;

 

Procuramos elaborar um material que exige do aluno o desenvolvimento das quatro habilidades para uma aprendizagem satisfatória: compreensão de leitura e auditiva, expressão oral e escrita.

Todas as atividades foram elaboradas para que o aluno produza o máximo possível em LE, a fim de que alcance uma competência de comunicação e o professor ocupe o papel de facilitador, orientador, organizador das atividades em classe. Subentende-se que, adquirindo essa competência, o aluno será capaz de comunicar-se não só de acordo com a intenção de comunicação, mas também com a situação de comunicação formal ou informal. O objetivo do material é desenvolver uma metodologia comunicativa na língua espanhola que ajude a geração tecnológica da atualidade a saber:

  • usar a linguagem para uma série de finalidades e funções diferentes;
  • variar o uso da linguagem de acordo com as circunstâncias e os participantes;
  • produzir e entender diferentes textos;
  • manter a comunicação apesar das limitações no conhecimento de um idioma.

 

Esperamos que esse breve panorama apresentando as perspectivas e oportunidades do novo material tenha transcendido a natureza metodológica e que o professor possa “dar vida” aos livros da Coleção Inter@tiva.

 

Referências
<file:///C:/Users/acer/Downloads/pnld_2015_lingua-estrangeira-moderna.pdf>. Acesso em: 3 jul. 2016.
http://revistas.ufpr.br/revistax/article/viewFile/24607/16917>. Acesso em: 3 jul. 2016.
<http://www.idiomaemcurso.com.br/2012/06/28/por-que-e-importante-aprender-uma-lingua-estrangeira/#.V3ru3PkrLrd>. Acesso em: 4 jul. 2016.
<http://ucbweb.castelobranco.br/webcaf/arquivos/letras/espanhol/5_periodo/Metodologia_Ensino_Lingua_Espanhola_II.pdf>. Acesso em: 5 jul. 2016.
FONTANA, Niura Maria; LIMA, Marília dos Santos (Org.). Língua estrangeira e segunda língua: aspectos pedagógicos. Caxias do Sul: Educs, 2006.
IGREJA ADVENTISTA DO SÉTIMO DIA. UNIÃO SUL BRASILEIRA. Proposta pedagógica da educação adventista: Ensino Fundamental – anos finais – e Ensino Médio. Curitiba: Departamento de Educação; USB; 2013.
WHITE, Ellen G. Educação: um modelo de ensino integral. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, 2015.

 

Fonte: Revista CPB Educacional – 2º semestre 2016.
Imagem: Md3d/Fotolia