O termo “catalisador” é usado para definir um equipamento instalado nos escapamentos dos automóveis. Trata-se de um reator no interior do qual se distribuem substâncias que funcionam como catalisadores para as reações que convertem gases poluentes em substâncias menos agressivas ao meio ambiente.

Equipamento obrigatório para os carros nacionais que saem de fábrica desde 1992, o catalisador pode, dependendo da qualidade do combustível, durar até 80.000 km. A partir dessa quilometragem, deverá ser substituído.

Por se tratar de um equipamento caro e por falta de consciência da sua importância para a qualidade do ar, grande parte dos donos de veículos não substitui o equipamento danificado.

Com o sistema de injeção eletrônica, que regula as quantidades de combustível e de oxigênio que devem entrar no motor para que a queima seja completa, o catalisador é um poderoso instrumento antipoluição.

Baixe o banner para o Dia do Trânsito.

Você tem paixão por automóveis? Conheça o livro Sentido único.

 

Autores: Acleto Amaral, Evandro Lombardi, Victor J. da Rocha M. Santos
Fonte: Sistema Inter@tivo de Ensino – Química Fasc. 6
Imagem: Matthew Cole / Fotolia