O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) liberou em 18 de janeiro as notas individuais dos participantes do Enem 2017. Também foram divulgados os resultados gerais comparando com os dados do ano anterior ao exame.

Os melhores resultados foram em Matemática e Ciências Humanas. Em Redação, apesar de a proficiência média melhorar, o número de nota 1.000 caiu de 77 (2016) para 53 (2017). Já a quantidade de redações nota zero subiu de 291.806 (2016) para 309.157 (2017).

De acordo com os dados apresentados, a fuga ao tema foi a principal responsável pelo zero nas redações. Em 2016, a fuga ao tema representou 0,78%. Já em 2017, 5%. O assunto que deveria ser abordado no texto era “Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil”.

A divulgação da vista pedagógica das redações está prevista para 19 de março. O espelho de correção possibilita ao participante analisar o desempenho em cada uma das cinco competências avaliadas.

 

PREPARO

Para as escolas que adotam os materiais do Ensino Médio da CPB Educacional, são oferecidas ferramentas digitais que visam potencializar o estudo para o Enem e vestibulares. Como por exemplo, as plataformas Enem Interativo e Imaginie. Dos 53 alunos nota 1.000 no Enem 2017, 13 são de escolas que utilizam a plataforma Imaginie.