Desporto, desporte, esporte (português brasileiro) ou desporto (português europeu) é toda a forma de praticar atividade física que, por meio de participação ocasional ou organizada, visa equilibrar a saúde ou melhorar a aptidão física e/ou mental. Pode ser competitivo ou apenas para proporcionar entretenimento aos participantes. São centenas os tipos de desportos existentes, incluindo tanto as atividades para um único participante como as que reúnem centenas de participantes simultâneos, em equipes ou individualmente.

O esporte no Brasil é praticado em diversas modalidades e organizado por confederações nacionais de esportes, sendo a principal o Comitê Olímpico Brasileiro. O futebol é o mais praticado no país. Outros esportes considerados populares são: basquete, vôlei, natação, Fórmula 1, judô, tênis, etc.

Além desses esportes, temos o futebol de salão, futebol de areia; artes marciais como a capoeira, judô, artes marciais mistas; tênis e tênis de mesa; automobilismo, motociclismo, skate e golfe.

Nos últimos anos, diversos esportes passaram a ser apreciados pelo público jovem. No entanto, apesar desse crescimento, esses esportes ainda são praticados de forma amadora, como o beisebol, cricket, curling, futebol americano, hóquei sobre o gelo e em linha.

O esporte tem função pedagógica no processo de formação do indivíduo, ressaltando a disciplina, o respeito à hierarquia e às “regras do jogo”, a solidariedade, o espírito de equipe e outros fatores do desenvolvimento humano. De acordo com o Guia de Orientação para os Municípios sobre Esporte e Cidadania, da Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância), em muitos casos, o esporte também representa um meio fundamental para crianças e adolescentes aumentarem sua capacidade de lidar com situações de conflito e recuperação de traumas. Além disso, pode ser um aliado no processo educativo, em ações de combate à violência e à discriminação. Ao ser incorporado ao currículo escolar, pode contribuir para ampliar o número de matrículas e para estimular a aprendizagem.

 

Ainda de acordo com esse Guia, esporte também é cidadania e fornece quatro pilares que ajudam a entender essa ideia:

  1. Ensinar esporte para todos: cada criança e adolescente deve ter acesso garantido ao esporte seguro e inclusivo.
  2. Ensinar bem esporte para todos: ensinar bem, significa mobilizar educadores para aprender e ensinar. Devem ser escolhidos métodos que garantam bons desafios e espaços adaptados para quem está aprendendo. Vale lembrar que o esporte da criança é diferente do esporte do adulto.
  3. Ensinar mais do que esporte para todos: ensinar mais do esporte é ir além do “jogar bem”. Representa, na verdade, aprender a conviver com amigos, com pais e com a própria escola. Na prática, é ensinar esporte para os alunos de tal forma que eles possam enfrentar as exigências da vida social, exercer sua cidadania e ganhar mais qualidade de vida.
  4. Ensinar a gostar de esporte: se crianças e adolescentes tiverem a chance de praticar esportes, de aprender, de sentir que seus direitos são respeitados (com professores qualificados, uso de espaço e material adequados, etc.), aumentam as chances de eles gostarem das práticas esportivas e incorporá-las em seu dia a dia. Enfim, faz-se necessário o ensino do desporto com qualidade, respeitando cada faixa etária e suas habilidades.

 

FUTEBOL
O futebol é, sem dúvida, o esporte mais praticado no Brasil. Apenas uma pequena parcela da população não torce por algum time de futebol. Esse esporte tornou–se elemento marcante da cultura nacional. Jogadores brasileiros como Pelé, Ronaldo Fenômeno, Ronaldinho Gaúcho, Neymar, etc., passaram a ser conhecidos mundialmente por seu desempenho em campo. A seleção brasileira é a maior vencedora de Copas do Mundo. Pesquisas feitas pela Fundação Getúlio Vargas mostram que o futebol brasileiro movimenta mais de R$ 16 bilhões por ano. Além disso, desde o início do século 21 o Brasil se tornou o maior exportador de jogadores do mundo.

BASQUETE
O Brasil é um dos países mais tradicionais no basquete mundial. No passado, chegou a ser um dos melhores países do mundo na modalidade, e já possuiu vários grandes jogadores e jogadoras, além de haver praticantes da modalidade espalhados por diversos cantos do país. Alguns dos principais jogadores históricos do Brasil são Oscar e Hortência. No auge de suas carreiras, o basquete chegou a ser considerado o segundo esporte mais popular do Brasil.

VÔLEI
Quanto à preferência, o vôlei é, atualmente, o segundo esporte mais popular do país. É um dos mais vitoriosos do Brasil, especialmente com o desempenho que as seleções masculina e feminina vêm alcançando nos últimos anos. Desde 1964 o vôlei faz parte do programa oficial das Olimpíadas. Tanto a seleção feminina como a masculina trouxeram muitas medalhas para o Brasil em Olimpíadas, Campeonatos Mundiais e Copas do Mundo. Hoje, considera-se também como desporto o vôlei de areia com nomes brasileiros já reconhecidos mundialmente.

NATAÇÃO
A natação vem ganhando popularidade no Brasil. É um esporte costumeiramente recomendado para crianças, e adequado a um país de clima tropical como o nosso. César Cielo é o mais atual representante brasileiro, sendo campeão olímpico, tricampeão mundial e recordista mundial. Um destaque na natação é Gustavo Borges, atleta com o maior número total de medalhas em Jogos Pan-americanos. Hoje fora da natação, Gustavo é um incentivador ao esporte com um método próprio de ensino de natação cujo lema é: “Aprenda a nadar sem medo”.

HANDEBOL
O handebol é um esporte que veio junto com os imigrantes alemães. É muito popular nas escolas de todo o mundo, perdendo apenas para o futebol/futsal. É um jogo dinâmico, físico e que exige diversas habilidades, como preparo físico e visão de jogo.

 

 

Referências:
SILVA, Francisco Carlos Teixeira da; SILVA, Carlos Leonardo Bahiense da; AGOSTINO, Carlos Gilberto. Memória social dos esportes. v. 1. Rio de Janeiro: Mauad, 2008.
http://goo.gl/xTqidV. Acesso em: 20 fev. 2014.
http://www.esporte.gov.br. Acesso em: 20 fev. 2014.
JB Online: COB divulga raio X do esporte. Disponível em: http://www.jb.com.br. Acesso em: 20 fev. 2014.
http://www.unicef.org/brazil/pt/br_esporte_guia_sab.pdf. Acesso em: 20 fev. 2014.
http://www.wikipedia.com.br/esporte. Acesso em: 20 fev. 2014.
Fonte: Revista CPB Educacional – 1º semestre 2014.
Imagem: Malchev/Fotolia