Comemore essa história lendo com a gente!

 

Temos uma excelente notícia para você: separamos um mês inteiro para comemorar uma das histórias mais importantes que o homem protagonizou. Já pensou em como se deu o processo de escrita e registro até chegar ao que conhecemos hoje como “livro”?

A necessidade do ser humano de registar sua história vem muito antes da conhecida imprensa de Gutenberg. Pinturas rupestres estão entre os primeiros exemplos da arte de comunicação e registro que o homem desenvolveu. Contudo, foi só na Mesopotâmia que começaram as primeiras padronizações de escrita por meio da técnica cuneiforme. Eles escreviam em placas de argila assuntos sobre economia, política e atividades do cotidiano.

Além de registrarem sua história nas paredes internas das pirâmides, os egípcios também escreviam em um “papel” chamado de papiro, produzido a partir de uma planta homônima. Posteriormente, na Roma Antiga, o pergaminho se tornou o material mais tecnológico para escrita da época. Feito com pele de animais, o material era mais resistente e, por isso, não era necessária a produção de muitas cópias, como ocorria com o papiro.

A Bíblia é um exemplo claro de que os registros escritos podem atravessar os milênios, impactando civilizações e gerações. Com esse pequeno retrospecto, só se confirma o papel fundamental do livro na constante empreitada humana de registrar sua história.

Com o avanço do mundo digital, a leitura se expandiu. E-books são lançados, sites oferecem conteúdos segmentados e o conhecimento é distribuído aos montes.

Não é para tanto que o mês de abril está recheado de comemorações literárias! Queremos que você celebre com a gente. Para isso, é importante que fique atento às redes sociais da CPB Educacional: Instagram, Facebook e Twitter. Muitos presentes em forma de boas histórias te esperam!