A rotina escolar é repleta de desafios, muitos dos quais exigem anos de desempenho, dedicação e metas arrojadas por parte da equipe que compõem o cenário educacional.

Dentre os autores envolvidos nesse cenário, destacamos o papel do coordenador pedagógico como mediador e articulador das principais ações que diariamente contribuem para que o projeto educacional se torne uma realidade na vida de educandos e educadores.

Até pouco tempo, a figura do coordenador ou supervisor nem sequer existia na escola. Esse profissional foi integrado, primeiramente, nas secretarias de educação quando se percebeu que o sucesso do processo ensino–aprendizagem estava diretamente relacionado com a forma como o professor compreendia e desempenhava seu papel. Desde então, o coordenador vem ganhando espaço e reconhecimento. Ele é a peça chave para que os objetivos de uma escola sejam compreendidos, aceitos, implantados e alcançados.

Não é um trabalho fácil! Exige boas relações interpessoais com professores, alunos e pais. Dentre as principais funções do coordenador pedagógico, podemos destacar:

  • Compreender, divulgar, implantar e avaliar o projeto político-pedagógico da escola onde atua, esclarecendo as dúvidas, indicando caminhos, oferecendo suporte e motivando o corpo docente em sua missão de educar.
  • Dar significado à proposta curricular de tal maneira que o professor, munido de suas habilidades e compreendendo os alunos, possa atuar com segurança.
  • Oferecer possibilidades para que o trabalho coletivo ocorra de forma harmoniosa e as articulações possam corresponder à realidade na qual estão inseridos e às metas propostas.
  • Incentivar e promover a interdisciplinaridade de tal forma que o ensino se torne significativo e evite sua fragmentação.
  • Oferecer oportunidades e materiais que contribuam para a formação continuada, mantendo o corpo docente atualizado e habilitado para suas funções.
  • Apresentar relatórios ao diretor da unidade escolar sobre o trabalho realizado no processo ensino–aprendizagem, de modo que melhorias possam ser realizadas no processo e os alvos estabelecidos possam ser alcançados.

Nos bastidores do cenário educacional, o coordenador pedagógico é aquele que motiva, pergunta, esclarece, possibilita, provoca mudanças e contribui de maneira significativa para que os alunos obtenham sucesso acadêmico e a escola cumpra sua missão.

Por mais desafiador que seja esse trabalho, lembre-se: o homem que desempenha suas atividades com tato e entusiasmo, “terá êxito nos negócios temporais, e as mesmas qualidades, quando consagradas à obra de Deus, demonstrar-se-ão duplamente eficazes; pois o poder divino se aliará ao esforço humano”*.

Não precisamos nos sentir sozinhos ou temerosos diante dos desafios. Quando pedimos auxílio ao Pai Celestial, firmamos uma sociedade que aperfeiçoará nossos esforços.

 

*WHITE, Ellen G. Serviço cristão. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, 2010. p. 231.

Fonte: Revista CPB Educacional – 1º semestre 2015.
Imagem: Sergey Nivens / Fotolia